Copa 2014Copa 2014
Atualizado: 15/08/2013 09:15 | Por pa.press.net

A bola da Copa do Mundo

Da Telstar de 1970 à Brazuca de 2014


Brazuca é o nome oficial da bola da Copa do Mundo de 2014.

Brazuca é o nome oficial da bola da Copa do Mundo de 2014.

Um ícone do torneio - às vezes

Cada nova bola da Copa do Mundo do futebol atrai praticamente a mesma atenção que os astros do torneio.

E algumas bolas alcançaram status icônico por si só, tal como o design da Telstar em 1970, que trazia uma estampa de hexágonos em branco e preto, que continua a ser utilizada por artistas e desenhistas de quadrinhos como o design definitivo do futebol até hoje.

Outros êxitos notáveis incluíram a Tango, utilizada na Copa do Mundo de 1978 na Argentina, que exibia o design impresso de triângulos interconectados com os lados curvos, chamados de "tríades".

Infelizmente, outras, como a Jabulani utilizada na África do Sul em 2010, estão reservadas para os livros de história em circunstâncias menos gloriosas, com essa bola tendo sido amplamente responsabilizada pela falta de gols nos jogos no início da fase de grupos.

A Copa do Mundo de 1982 na Espanha apresentou a primeira bola feita de uma mistura de couro e material sintético, com um revestimento de poliuretano usado para oferecer resistência em tempo chuvoso, enquanto a impressionante Azteca usada no México em 1986 era totalmente sintética e à prova d'água.

A parceria com a Adidas claramente representa grandes negócios, com até mesmo o tão criticado design da Jabulani conseguindo 13 milhões de bolas vendidas na África do Sul em 2010, enquanto a muito mais bem-recebida Tango 12, usada no torneio do Euro 2012 da Uefa, contabilizou mais de sete milhões de vendas.

A bola da Copa do Mundo de 2014

Para a Copa do Mundo de 2014, a bola Brazuca foi assim chamada após uma pesquisa com mais de um milhão de torcedores de futebol brasileiros, com essa opção garantindo mais de 70 por cento dos votos, à frente de títulos alternativos como Bossa Nova e Carnavalesca.

O termo "brazuca" é usado pelos brasileiros para simbolizar o orgulho nacional em sua forma de vida, representando sua paixão, emoção e boa vontade para todos os visitantes.

A escolha foi acolhida com entusiasmo pelo Secretário Geral da FIFA Jerome Valcke, que afirmou: "Me traz muita satisfação que os torcedores brasileiros tenham tido a oportunidade de desempenhar seu papel na decisão do nome de um dos símbolos mais importantes do evento. Tenho certeza de que a bola Brazuca entrará para história junto com outras bolas icônicas da Copa do Mundo da FIFA".

A empresa alemã Adidas tem fornecido a bola oficial para as finais da FIFA desde 1970. Ela garante que todos os esforços serão feitos para produzir uma bola apropriada para um evento dessa importância em 2014, com uma declaração da empresa afirmando que ela "tem continuamente estabelecido novos padrões de inovação com designs icônicos e tecnologia de ponta, e que a bola Brazuca da Adidas continuará essa herança".

"A bola atualmente está sendo desenvolvida e testada no mundo inteiro com diversos clubes e federações de futebol. O processo de feedback dos jogadores está particularmente focado no jogo no Brasil com testes sendo realizados em vários ambientes e climas existentes pelo país".

Os fabricantes certamente contribuíram para aumentarem o conhecimento sobre design de novas criações, tais como uma bola da Copa do Mundo, assim como diferentes melhorias tecnológicas em outras áreas de equipamento futebolístico, com a exibição do "laboratório Adidas", dando aos torcedores a chance de ver os produtos do passado, presente e futuro durante a última semana da Liga dos Campeões, em Londres, em maio de 2013.

Torcedores de uma determinada idade talvez simplesmente preferissem ressuscitar a muito querida bola Tango, que desempenhou tão bem em 1978, a última vez que a Copa do Mundo foi realizada na América do Sul, ou mesmo sua antiga antecessora, a Telstar, que ajudou o México a brilhar em 1970.

Independentemente da aparência da bola, torcedores do mundo inteiro esperam que ela ajude a produzir um carnaval do futebol e um banquete de gols.

0Comentários