Copa 2014Copa 2014
Atualizado: 14/08/2013 14:15 | Por pa.press.net

Quem inventou o futebol?

A origem do futebol permanece objeto de debate entre os historiadores desse esporte


A Copa da Inglaterra foi idealizada por Charles Alcock

A Copa da Inglaterra foi idealizada por Charles Alcock

China e Japão ou Grécia e Roma?

Segundo a FIFA, a evidência mais antiga de participação organizada em uma variação do que é agora o esporte mais popular do planeta remonta à Dinastia Han da China nos séculos II e III a.C.

Um manual militar daquela era revela um jogo chamado Cuju, que envolvia tentar chutar uma bola de couro com enchimento de penas e cabelo através de um gol estreito feito de bastões de bambu, no qual o jogador com a posse da bola tinha que se defender das investidas de seus oponentes.

Acredita-se que esta atividade inspirou o jogo japonês kemari, um esporte não competitivo em que os participantes tentam manter uma bola de pele de veado no ar, passando-a em volta de uma área quadrada, usando os pés, joelhos, cabeça e até mesmo cotovelos.

Contudo, outros historiadores reivindicam que os gregos e romanos antigos iniciaram o processo para a evolução do futebol dos dias modernos.

O Episkyros foi uma invenção grega jogada por volta da mesma época em que o Cuju, e envolvia duas equipes de 12 ou 14 jogadores tentando fazer com que a bola atravessasse as linhas de gol do oponente em qualquer uma das pontas de um campo marcado, embora as regras pareçam permitir o lançamento do objeto.

As descrições, por vezes, de ações violentas parecem reminiscentes mais próximas do rúgbi ou futebol americano, com uma declaração em um trecho: "Ele pegou a bola e passou-a triunfantemente para um jogador enquanto driblava outro, arrancava-a das mãos de outro e pegava ainda outro jogador".

Contudo, o Museu da Acrópoles possui uma peça de cerâmica exibindo um atleta grego equilibrando uma bola de tamanho apropriado em sua coxa, uma imagem que mais tarde apareceria na taça do Campeonato Europeu.

Escritores daquela época também se referem ao equivalente jogo romano chamado Harpastum, embora a bola usada seja descrita como pequena e dura, muito parecida a uma bola de beisebol moderna.

Lembranças posteriores referem-se a exploradores descobrindo povos que já jogavam uma forma de futebol em diversas partes do mundo, notadamente esquimós na Groenlândia, indígenas americanos, tribos aborígenes na Austrália e os Maori na Nova Zelândia.

A contribuição da Inglaterra

Nas primeiras descrições de um jogo que mais proximamente se parece ao nosso jogo de futebol muitos especialistas acreditam que a Inglaterra abriu o caminho.

"Futebol de multidão" na Idade Média pode ter muitas vezes se transformado em pouco mais do que um tumulto, com um número ilimitado de jogadores tentando transferir a bola de um marco para outro através de qualquer meio disponível, mas este foi o precursor de um passatempo bem mais organizado.

Perto do final do século XII, William FitzStephen escreve sobre a vida em Londres: "Após o almoço, todos os jovens da cidade vão para os campos para participar de um jogo com bola. Os estudantes de cada escola têm sua própria bola; os trabalhadores de cada ofício da cidade também carregam suas bolas".

Entretanto, até o início do século XVI não há evidência de partidas organizadas envolvendo escolas. O esporte se tornou mais padronizado pelas Regras de Cambridge em 1848 e a formação das regras da Football Association (associação inglesa de futebol) aparecem em 1863, quando a Football Association definiu pela primeira vez as Regras do Jogo.

A mais antiga competição no futebol

A Copa da Inglaterra é a competição de futebol mais antiga do mundo e foi disputada pela primeira vez em 1872 na Inglaterra, após ser idealizada pelo secretário honorário da Football Association Charles Alcock.

A Inglaterra também organizou a competição inaugural da liga em 1888, e o Conselho da Associação Internacional de Futebol foi instituído dois anos antes, após uma reunião que também incluiu representantes da Escócia, País de Gales e Irlanda.

A FIFA foi formada em 1904 e mudanças nas regras do jogo atualmente exigem uma maioria de 75 por cento entre quatro votantes de uniões britânicas e o mesmo número de executivos da FIFA.

Portanto, esse tem sido um longo percurso desde os tempos antigos, através de formas, às vezes, exageradamente zelosas de variações preferidas na Europa medieval, até o atual formato refinado jogado em mais de 200 países.

0Comentários