Copa das ConfederaçõesCopa das Confederações
espn.com.br (© Todos os direitos reservados - ESPN do Brasil)
Atualizado: 13/05/2013 21:15 | Por ESPN.com.br com agência Gazeta Press- espn.com.br

Felipão divulga nesta terça convocados para Copa das Confederações

Maior vencedor da Copa das Confederações, com três títulos, o Brasil conhecerá nesta terça-feira os 23 atletas que representarão a equipe verde-amarela na busca pelo...


1 de 44
GOLEIRO - Diego Cavalieri, do Fluminense: 80% de chances de ser convocado

Maior vencedor da Copa das Confederações, com três títulos, o Brasil conhecerá nesta terça-feira os 23 atletas que representarão a equipe verde-amarela na busca pelo tetracampeonato. Em evento realizado em hotel em Copacabana, no Rio de Janeiro, a partir das 11h30 (de Brasília), o treinador Luiz Felipe Scolari divulgará a convocação para a competição em território nacional, que será realizada entre 15 e 30 de junho.

Classificado no grupo A, ao lado de Itália, México e Japão, o time comandado por Scolari chega ao torneio cercado por dúvidas. Desde que substituiu Mano Menezes no comando da seleção, em novembro de 2012, Felipão dirigiu a equipe em cinco partidas e obteve apenas uma vitória, contra a Bolívia, fora de casa. Ao todo, foram mais três empates (Itália, Rússia e Chile) e uma derrota (Inglaterra).

Além disso, o Brasil ocupa a 19ª colocação no ranking da Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado), sendo esta sua pior posição desde a criação da lista, em 1993. A preocupação dos torcedores nacionais é grande. Inclusive, no empate por 2 a 2 com o Chile, no Mineirão, em 24 de abril deste ano, os jogadores foram vaiados pelo público.

“Não jogamos bem. Se tivéssemos jogado melhor, a torcida teria reagido diferente. Não tivemos tantas oportunidades como no outro jogo (contra Bolívia) e deixamos o Chile jogar mais à vontade. É normal a torcida ter esse tipo de comportamento, porque não a trouxemos para o nosso lado. Não tenho que criticar. Quando jogarmos bem, provavelmente terão outra reação”, disse Scolari.

Apesar dos maus resultados, os amistosos serviram como base para Felipão escolher quais jogadores serão convocados para a Copa das Confederações. O goleiro Júlio César, o lateral direito Daniel Alves, os zagueiros David Luiz, Thiago Silva e Dante, o volante Paulinho, o meio-campista Oscar, o atacante Neymar e o centroavante Fred parecem ser nomes certos na lista.

A principal dúvida fica por conta de Ronaldinho Gaúcho e Kaká. Treinador dos dois atletas em sua primeira passagem pela seleção, Scolari afirmou que não convocará os dois jogadores ao mesmo tempo. A convicção do treinador foi contestada por parte do grande público, mas parece que não será revertida.

Ronaldinho disputou três partidas pelo Brasil desde o retorno do técnico, sendo titular contra Inglaterra , Bolívia e Chile. O jogador do Atlético-MG não marcou nenhum gol nesses jogos e ainda desperdiçou um pênalti na derrota por 2 a 1 diante dos ingleses, mas teve boa atuação contra os bolivianos.

Kaká, por sua vez, parece estar perto de perder a disputa pela vaga. Titular no final da passagem de Mano Menezes, o atleta do Real Madrid acabou preterido nas primeiras convocações. Na sequência, ganhou chance no empate contra a Itália, entrando na vaga de Oscar aos 17 minutos do segundo tempo, e foi titular contra Rússia, deixando o gramado aos 33 minutos da etapa complementar para a entrada de Diego Costa.

Os 23 jogadores convocados se apresentarão ao treinador no próximo dia 27, no Rio de Janeiro, onde iniciarão preparação para a competição. Os treinamentos serão realizados na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. Antes do início do torneio, o Brasil ainda jogará amistoso contra a Inglaterra, no dia 2 de junho, no Maracanã, e contra a França, no dia 9 de junho, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

A trajetória brasileira na Copa das Confederações começará em 15 de junho, às 16h (de Brasília), quando duela com o Japão, no Estádio Nacional, em Brasília. Na sequência, o time verde-amarelo enfrentará o México, no Castelão, em 19 de junho, e a Itália, três dias depois, no Maracanã.

Na outra chave da competição, Espanha, Uruguai, Taiti e Nigéria medirão forças, Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga nas semifinais, que ocorrerão em 26 e 27 de junho, em Belo Horizonte e Salvador, respectivamente. A decisão será no Maracanã, em 30 de junho. No mesmo dia, a capital baiana receberá a disputa pelo terceiro lugar.

Brasil na Copa das Confederações

A primeira edição da Copa das Confederações foi realizada em 1997, na Arábia Saudita. O torneio organizado pela Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) reúne o país anfitrião, o atual vencedor da Copa do Mundo e os campeões da CAF, Concacaf, Conmebol AFC, Uefa e OFC.

Único país presente em todas edições da Copa do Mundo, o Brasil também é o único que participou da Copa das Confederações nas seis vezes que foi realizada. O time verde-amarelo chegou à decisão em quatro oportunidades (1997, 1999, 2005 e 2009) e foi campeão em três delas (1997, 2005 e 2009). França (2001 e 2003) e México (1999) completam a lista de vencedores.

Além do troféu, a seleção brasileira ainda contou com o melhor jogador da competição em quatro edições: 1997 (Denílson), 1999 (Ronaldinho), 2005 (Adriano) e 2009 (Kaká). Nesses mesmos anos, Romário, Ronaldinho, Adriano e Luis Fabiano foram artilheiros do torneio.

Ao todo, a equipe pentacampeã mundial disputou 28 partidas de Copa das Confederações. São 18 vitórias, cinco empates e cinco derrotas (70,7% de aproveitamento). A equipe nacional marcou 62 gols e sofreu 25, obtendo 37 gols de saldo.

Veja as chances de convocação dos jogadores que já tiveram chance com Felipão:

estádios

  • Reprodução

    Maracanã fica mais moderno sem abrir mão de sua história

  • Reprodução

    Mineirão ganha nova roupagem e uma esplanada para 65 mil pessoas

  • Reprodução

    Arena de Brasília tem a cara da cidade

  • Reprodução

    Fonte Nova, em Salvador, entra no primeiro mundo das arenas 

  • Reprodução

    Castelão terá futebol e espetáculos

  • Reprodução

    A arena que fará nascer uma cidade em Pernambuco

Vídeos

sedes