O campeão mundial dos pesos pesados, o ucraniano Vitali Klitschko, manteve seu cinturão neste sábado ao tirar a invencibilidade do cubano Odlanier Solis no primeiro assalto, na Alemanha.

Solis foi à lona nos momentos finais do assalto inicial, levantou-se, porém o árbitro decretou o fim do combate. O cubano, primeiro do ranking e que não foi castigado com intensidade em nenhum momento, demonstrou muita dificuldade para manter-se em pé.

"Parece que ao cair sofri uma contusão [na perna direita]", justificou o cubano ainda no ringue e sob fortes vaias do público. "Dei um passo ruim para trás", definiu.

Campeão pelo Conselho Mundial de Boxe, Vitali soma agora 42 vitórias, 39 por nocaute, e 2 derrotas. Já o cubano sofreu sua primeira derrota, contra 17 vitórias, 12 por nocaute.