Corinthians não negocia com Ronaldinho e deve trazer mais três ou quatro, diz presidente

Andrés Sanchez deu a primeira entrevista coletiva do ano no Corinthians

Em meio às notícias sobre o possível retorno de Ronaldinho Gaúcho ao futebol brasileiro, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, assegurou nesta segunda-feira que o clube do Parque São Jorge não está entre aqueles que negociam com o ex-melhor jogador do mundo.

Em entrevista à TV Bandeirantes, o cartola aproveitou para prometer mais três ou quatro contratações à torcida corintiana e brincou com o interesse dos concorrentes pelo futebol de Ronaldinho. "O Corinthians não está negociando com o Ronaldinho, mas já deram ele como certo no Grêmio, quase certo no Flamengo... Garanto que ele vai ficar bem longe do Rio de Janeiro", afirmou Sanchez.

"É um grande jogador, lógico que caberia tranquilamente no Corinthians, mas nós não estamos negociando, não", continuou o mandatário alvinegro. "Pode ter certeza de que vão chegar mais três ou quatro jogadores, é que as negociações estão complicadas. Mas o time (do Corinthians) é forte."

Andrés Sanchez deu a primeira entrevista coletiva do ano no Corinthians
Crédito da imagem: Agência EstadoAndrés Sanchez também falou sobre os boatos acerca de uma possível volta do volante Cristian, atualmente no Fenerbahce, ao Corinthians. E praticamente descartou o negócio.

"Meu filho encontrou com o Cristian na virada do ano e colocaram nesse negócio de Twitter que tudo estava certo. Está tudo certo, ele pode vir na hora em que ele quiser, desde que com a liberação do Fenerbahce", disse o presidente corintiano. "Acho praticamente impossível ele sair do Fenerbahce. Quem tem que conseguir a liberação é ele."

O dirigente também confirmou que o atacante Ronaldo deve se juntar ao elenco e se reapresentar nesta terça-feira ou, no máximo, até quarta. Ele já havia combinado com Sanchez que se integraria aos demais jogadores no dia 4 de janeiro.