A seleção brasileira enfrentará a França nesta quarta-feira, em Paris, no palco da final da Copa do Mundo de 1998, que os franceses guardam como um verdadeiro tesouro. Desta vez, o Stade de France receberá um duelo amistoso que abrirá a temporada das duas seleções.

A história entre Brasil e França começou no Mundial da Suécia em 1958. Pelé destruiu a seleção francesa de Just Fontaine, marcando três gols e determinando a vitória brasileira por 5 a 2.

Outra partida de destaque foi na Copa de 86, no México. Nas quartas de final, Careca abriu o placar, mas Michel Platini deixou tudo. O jogo continuou empatado em 1 a 1. Passou a prorrogação e o jogo foi para os pênaltis.

Sócrates errou a cobrança e Platini fez o mesmo. Julio César falhou na última penalidade do Brasil e Luis Fernández não desperdiçou, garantindo a vaga nas semifinais para os franceses.

A final de 98 foi o confronto mais emblemático do que representa a rivalidade entre os dois países. Autor de dois gols na decisão, Zinedine Zidane escreveu definitivamente seu nome na história do futebol mundial. Por sua vez, o Brasil de Ronaldo foi derrotado por 3 a 0, deixando pra trás o sonho do pentacampeonato naquele ano.

O último duelo entre as duas seleções foi nas quartas da Copa da Alemanha, em 2006. Contra a previsão, os franceses venceram mais uma vez com grande atuação de Zidane, que no final da competição pendurou as chuteiras.