O time reserva do Corinthians não conseguiu acabar com a sequência de empates do time. Assim como nos últimos três jogos, neste domingo, a equipe comandada pelo técnico Tite ficou apenas na igualdade com o São Bernardo por 2 a 2, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista, no Estádio 1.º de Maio, em São Bernardo do Campo.

Com o resultado, o terceiro empate em quatro jogos disputados no Paulistão, o Corinthians chegou a 6 pontos e segue fora do grupo dos oito que vão à segunda fase. O time tem um jogo a menos que os demais adversários, inclusive o São Bernardo, que agora tem cinco pontos.

Na próxima quarta-feira, às 22 horas (horário de Brasília), o Corinthians encara o Tolima, pela partida de volta da Libertadores. No jogo de ida, no Pacaembu, os times empataram por 0 a 0. No dia seguinte, pelo Paulistão, o São Bernardo visita o Bragantino, no Nabi Abi Chedi, às 19h30. O jogo entre Corinthians e Ituano, que deveria ser nesta quarta, foi adiado para dia 15 de fevereiro.

Vestindo uma camisa metade corintiana, metade do São Bernardo, o ex-presidente Lula esteve no 1.º de Maio. Ele participou da cerimônia de entrega das obras de ampliação do estádio, de 13 mil para 15,8 mil lugares.

O JOGO - Empolgado com o estádio cheio e com a presença ilustre do ex-presidente Lula, os jogadores do São Bernardo disputavam com firmeza todas jogadas. Do outro lado, reservas do Corinthians mostrarem que ainda vão demorar para chegar a um nível competitivo, também pela armação improvisada de algumas peças. Assim, aos 15 minutos, a zaga afastou mal um cruzamento de Cauê. Danielzinho pegou o rebote na área e ajeitou para Junior Xuxa, que deu um belo corte em Fabio Santos e bateu no canto para abrir o placar para o São Bernardo.

Mesmo bagunçado, e tomando muitos sustos na defesa, o Corinthians conseguiu chegar ao empate ainda na primeira etapa. Aos 39 minutos, Morais recebeu na entrada da área e serviu a Edno, que apenas desviou, ajeitando para Danilo, na cara do gol, dar um belo toque, encobrindo o goleiro Marcelo Pitol.

No segundo tempo, o torcedor corintiano continuou tomando sustos. Aos 18 minutos, Lucas deu bom passe para Danielzinho, que invadiu a área, driblou Júlio Cesar e tocou para o gol. Moradei apareceu em cima da hora para salvar, quase sobre a linha.

Aos 26 minutos, o susto se transformou em pesadelo. Lucas chutou de longe, Júlio Cesar rebateu mal e jogou nos pés de Cauê, que ajeitou e bateu firme, por baixo do goleiro corintiano, para fazer 2 a 1.

Se na coletividade o Corinthians não conseguiu se impor em nenhum momento, no aspecto individual, o time teve seus méritos. Além de Moradei, que fez a jogada do primeiro gol e salvou um do São Bernardo, o peruano Ramírez foi o destaque.

Aos 35 minutos, Ramírez recebeu na entrada da área do São Bernardo, fez linda jogada, passando por Lucas e Dirceu com estilo, antes de chutar no ângulo do goleiro Marcelo Pitol para empatar o jogo e salvar o Corinthians daquela que seria a primeira derrota de Tite em seus 14 jogos no comando do time.

Ficha técnica:

São Bernardo 2 x 2 Corinthians

São Bernardo - Marcelo Pitol, Regis (Henrique), Leandro Camilo, Amarildo, Cauê, William Favoni, Lucas, Dirceu, Júnior Xuxa (Guto), Romarinho (Nenê) e Danielzinho. Técnico: Ruy Scarpino.

Corinthians - Júlio César, Moradei, Wallace, Diego Sacoman, Fábio Santos, Marcelo Oliveira (Ralf), Paulinho, Ramírez, Morais (Willian), Danilo (Bruno Cesar) e Edno. Técnico: Tite.

Gols - Júnior Xuxa, aos 15, e Danilo, aos 39 minutos do primeiro tempo; Cauê, aos 26, e Ramírez, aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Vinicius Furlan (SP).

Cartões amarelos - Danielzinho, Guto e Leandro Camilo.

Renda - não disponível.

Público - 15.159 pagantes.

Local - Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo (SP).