Atualizado: Thu, 19 Apr 2012 17:14:35 GMT | Por pa.press.net

Cinco jogadores em ascensão de primeira linha a serem observados com atenção no EURO 2012



Mats Hummels - Alemanha

Mats Hummels - Alemanha

Mats Hummels (Alemanha)

A decisão do Bayern Munich de permitir que Mats Hummels fosse para o Borussia Dortmund em 2008 foi realmente um tiro que saiu pela culatra. Apesar de ter apenas 23 anos, o alto zagueiro central tem sido o membro mais confiável da defesa do Dortmund.

Nesse período anterior ao torneio, Hummels já foi convocado mais de dez vezes para a selecão alemã, passando para o time principal após o sucesso no campeonato europeu sub-21 em 2009, onde, na final, a Alemanha goleou a Inglaterra por 4 a 0.

Ele pode estrear no EURO 2012 caso se confirmem as dúvidas em relação à forma física de Per Mertesacker.

Alan Dzagoev (Rússia)

Tendo crescido em Besian, nada parece difícil demais para Dzagoev, o jogador que muitos torcedores russos vêem como o próximo grande craque do país.

Dzagoev era apenas um menino magrela de 17 anos quando saiu do Krylia Sovetov, da segunda divisão, para se juntar ao CSKA Moscow, em 2008.

O versátil meia, desde então, não olha pra trás, tendo vencido três Campeonatos Russos e recebido o título de jovem jogador do ano.

Aos 18 anos e 116 dias, ele se tornou o mais jovem jogador de linha russo em sua estreia internacional e foi uma das principais peças da equipe de Dick Advocaat nas eliminatórias, onde marcou quatro gols.

Christian Eriksen (Dinamarca)

O fato de a Dinamarca estar colocando nos ombros desse jogador de 22 anos suas esperanças de, mais uma vez, alcançar a glória no campeonato europeu é um reflexo dos talentos de Eriksen.

Eriksen se tornou uma peça-chave na equipe do Ajax desde que se mudou para a Holanda, em 2010. Como um talentoso criador de jogadas, ele foi comparado a Luka Modric.

Ele marcou apenas um gol nas eliminatórias, mas fez várias assistências, que provocaram elogios do treinador do Manchester United, Sir Alex Ferguson, que sugeriu tentar contratar Eriksen, dizendo: "Ele é um bom jogador, um jogador típico do Ajax que é bom de bola... Temos muitos jogadores jovens, mas estamos sempre procurando talentos."

Yann M'Vila (França)

O palco está montado para M'Vila mostrar seus talentos, pois no EURO 2012 tentará atrair o interesse dos maiores clubes europeus.

Como meia incansável que também tem um bom olho para bons passes, não surpreende o fato de M'Vila já estar sendo chamado de o "próximo Patrick Vieira", embora, no início do torneio, tenha apenas 21 anos.

O pai de M'Vila é do Congo, mas o jovem jura lealdade à França dé pés juntos, representando os Les Bleus desde o sub-16 até a seleção principal.

O Arsenal e o Real Madrid estão interessados no M'Vila e estão preparados para tentar convencer o Rennes a vender o meia.

Robert Lewandowski (Polônia)

Enquanto Blackburn era removido da Liga Premier Inglesa esta temporada, eles devem ter olhado para a Alemanha imaginando por que não pegaram Lewandowski quando tiveram a oportunidade.

O atacante chamou a atenção do Blackburn Rovers em 2010, depois de ter marcado 41 gols nas duas temporadas anteriores com o Lech Poznan, mas o jogador acabou escolhendo o Borussia Dortmund, ao invés do time da Premier League.

Desde então, ele vem progredindo, continuando o sucesso de 9 gols na sua primeira temporada e alcançando a marca de 20 gols na Bundesliga neste trimestre. Como um goleador à moda anitga, o jovem de 23 anos liderará o ataque da Polônia, enquanto tenta impressionar no campo na sua terra natal.