espn.com.br (© Todos os direitos reservados - ESPN do Brasil)
Atualizado: 20/02/2013 | Por ESPN.com.br- espn.com.br

Corintianos relatam momento de morte de torcedor, e Tite diz: 'Trocaria o título mundial por essa vida'

Torcedor morre após ser atingido por objeto atirado pela torcida do Corinthians


1 de 17
O Corinthians perdeu a chance de sair com uma vitória em estreia na Copa Libertadores da América. O time alvinegro saiu na frente no placar, com um gol de Guerrero logo no começo da partida, mas não teve fôlego e cedeu o empate por 1 a 1 na etapa final. Ainda assim, os atuais campeões da Libertadores perderam várias chances de gol que poderiam dar os três pontos ao time.

Corintianos relatam momento de morte de torcedor, e Tite diz: 'Trocaria o título mundial por essa vida'

Tite reza antes da partida do Corinthians com o San Jose, em Oruro; partida ficou marcada por morte de torcedor boliviano

O futebol não foi o assunto da entrevista coletiva do Corinthians depois do empate com o San José, nessa quarta-feira, em Oruro, Bolívia. Em tom de luto e emocionados, o técnico Tite e o gerente de futebol do clube brasileiro, Edu Gaspar, falaram sobre a morte de um torcedor boliviano de 14 anos atingido por um artefato durante a partida no Estádio Jesús Bermúdez.

Segundo relatou Hector Fabio Rios, coronel da polícia local, em entrevista ao canal Fox, um objeto cilíndrico tubular foi atirado por espectadores corintianos, causando a tragédia - nove pessoas acusadas do crime foram detidos.

"Não queria fugir da minha responsabilidade. Quero pedir desculpa para o povo boliviano. Uma vida não tem preço, não se vence a qualquer custo. O esporte tem outro sentido. Estamos muito sentidos. Trocaria meu título mundial pela vida do menino. Eu trocaria", disse Tite.

Leia também:
Corinthians perde gols e só empata com San José na altitude boliviana


Edu assistiu de uma tribuna do estádio aos primeiros minutos do jogo ao lado de outros membros da comissão técnica, da diretoria corintiana e de jogadores que não ficaram entre os reservas da partida. Todos tiveram que sair de forma forçada do local. O cartola relatou o momento em que o artefato atingiu o torcedor, causando a revolta do público local.

"Passou na nossa frente o foguete, não sei o nome disso como chama e caiu a 15 metros da gente. Não consegui visualizar o que tinha ocorrido, mas vi o desespero das pessoas e vi logo em seguida as pessoas virando contra a gente e nos xingando, atirando algumas coisas, pressionando. Preferimos voltar para o vestiário, tanto é que não consegui assistir ao jogo. Nessa hora o resultado da partida pouco importa."

Visivelmente emocionado, Edu tentou se explicar em espanhol aos jornalistas locais. "Eu tenho um filho que vai no Pacaembu e fica sentado comigo, ao lado da torcida rival. Sinto na pele o que poderia ter passado comigo. É impossível falar de futebol agora. Não podemos falar de futebol. Vai ser uma volta bastante demorada para o Brasil."

O Corinthians vai manter seu cronograma e voltará ao Brasil na manhã desta quinta-feira. Na madrugada dessa quinta o clube ainda publicou uma nota em seu site.

Leia a nota:

A direção do Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente a morte de um torcedor na partida contra o San José na noite da quarta-feira (20) e se coloca à disposição para ajudar no que for possível, mesmo sabendo que nada apagará a dor causada pelo incidente.

Veja fotos do empate entre Corinthians e San José:

Vídeos

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

Você já viu?

  • Eleições 2014

    Candidato mais rico de todos declarou ter meio bilhão; conheça os mais endinheirados das urnas

  • Vilã vira meme

    É a vez de Cora! Vilã da nova novela das 21h, 'Império', vira sucesso nas redes sociais; veja

  • Virou piada!

    Dunga mal voltou para a seleção brasileira e já é alvo de piadas nas redes sociais; veja as melhores

  • Sexo

    Ginástica íntima ajuda no sexo depois do parto; corpo muda e posições reduzem o desconforto

  • Carros

    Salões de automóveis trazem carros do futuro; veja novidades que logo devem surgir nas ruas