Anderson Silva prometeu quebrar todos os dentes de Chael Sonnen - Reprodução

Anderson Silva prometeu quebrar todos os dentes de Chael Sonnen - Reprodução

Anderson Silva quebrou o silêncio. Após alguns meses ouvindo todo o tipo de provocação do americano Chael Sonnen, o brasileiro explodiu e falou tudo o que queria ao rival que vai enfrentar no próximo dia 7 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Furioso, o Spider participou de uma conferência por telefone com Chael Sonnen e o presidente do UFC, Dana White. Quando foi perguntado sobre as provocações que o americano costuma fazer direcionadas a ele e ao Brasil, Anderson falou tudo o que parecia estar engasgado há tempos.

"Esse cara (Sonnen) é um marginal. É uma escória do esporte. Esse cara não merece estar dentro do UFC. Esse cara teve problemas com a Justiça americana. É um cara que teve problemas com doping. É um cara que não respeita nada. Esse cara é um imbecil e no dia 7 eu vou quebrar a cara dele. Vou arrancar todos os dentes da boca dele", disparou o brasileiro.

VEJA TAMBÉM: Quem é o próximo para os lutadores do UFC BH?
Derrota de Wanderlei relembra série de revanches mal sucedidas

E Anderson Silva não parou por aí. Falando com uma raiva que há muito tempo não se ouvia sair de sua boca, o brasileiro deu recado direto a Chael Sonnen e prometeu expulsá-lo do UFC

"Quem vive de passado é museu. Eu nao vivo de passado. Vou bater nele. Não tem muito o que ficar falando. Eu vou enfiar a porrada nele. Ele está escutando e eu vou enfiar a porrada nele. Não estou machucado, estou 100% e eu vou quebrar a cara dele. Ele vai apanhar como ele nunca apanhou na vida dele. Tudo o que ele não apanhou da mamãe e do papai ele vai apanhar de mim. Eu expulsar esse cara do UFC".

“Ele vai apanhar muito. Vai engolir todos os dentes da boca. Depois que bater nele, muita gente vai ficar assustada. Vou fazer uma coisa que ninguém nunca fez no UFC: vou quebrar a cara dele, o braço e a perna. Ele vai sair de maca. Isso é profissional, só que vou quebrá-lo de porrada. Ele vai aprender a respeitar o país que criou o esporte. Ele é um marginal, vagabundo, sem vergonha. Esse cara nunca mais vai falar uma merda de um lutador. Acabou a brincadeira", completou Anderson Silva.

As declarações pesadas do lutador brasileiro repercutiram imediatamente no mundo do MMA. O próprio presidente Dana White se disse impressionado com o ataque de fúria do Spider.