Não é segredo que Dana White gosta da maneira de ser de Jason “Mayhem” Miller, mas parece que a relação não vem muito bem. O lutador usou sua recente conta oficial no Twitter para trocar farpas com o presidente do UFC. “Estou chateado o dia todo porque não queria fazer aquilo. Foi horrível”, postou o cartola do Ultimate, que falava sobre demissão do lutador do UFC após duas derrotas seguidas.

Jason Miller havia anunciado a sua aposentadoria do MMA aos 31 anos, depois da derrota para Michael Bisping. Seu Twitter, na contramão, dizia que o dirigente não havia pedido para ele parar. “Mayhem, se aposente! Estou implorando”, escreveu White cutucando o lutador em tom de brincadeira

A resposta não veio em tom tão amigável. “Se mate, Dana White. Todos nos estamos implorando”, respondeu Mayhem. A discussão terminou quando o cartola twittou que não era para o lutador ficar chateado e que ele havia traçado essa decisão.

Dana White percebeu que Miller não estava brincando, já que pediu para encontrar com o dirigente no octógono. “Ele mandou aquele tweet, eu respondi e estava brincando”, explicou White na coletiva após o UFC 150. O cartola ainda mostrou preocupação com a saúde do atleta. “Ele toma medicamentos, tem alguns problemas. A última coisa que quero é ele mais chateado e deprimido do que ele já é. Ele começou como um imbecil no Twitter e eu respondi. Agora desejava não ter feito isso”.

“Não odeio e nem torço contra o garoto. Enfim, ele seguiu para um novo capitulo na vida dele e espero que ele obtenha sucesso e vá bem”, concluiu o presidente do UFC. Jason Miller conseguiu sua primeira chance no UFC em 2005, quando perdeu para Georges St. Pierre e saiu da organização. Depois de disputar os títulos do Strikeforce e do DREAM, além de ter sido treinador no TUF Finale americano, ele voltou. Decidiu se aposentar após derrotas em sequencia para Michael Bisping e CB Dollaway.