Chave de BraçoChave de BraçoHomeBlogFotosNotíciasVídeos

Atletas fazem a luta principal do Coliseu Fight Championship, no Rio de Janeiro. Vencedor disputará o título da categoria dos meio-médios (até 77kg)

Júnior Lity e Hugo Bilac após treino na academia (Foto: Caroline Leandro/Divulgação)
Ser lutador de MMA não é tarefa simples. Mais do que levar socos e chutes, os atletas que embarcam nesta sofrem com a falta de apoio financeiro. Este é caso de Hugo Bilac, peso-meio-médio (até 77kg) da equipe Júnior Lity, que faz, neste sábado (19), a luta principal do Coliseu FC, em Irajá, no Rio de Janeiro. Seu adversário é o ex-campeão do Favela Kombat Rodivan "Gato Guerreiro", da equipe Gladiadores.

Aos 31 anos, Bilac estreou no MMA em 2007, e, após duas vitórias, interrompeu a sua caminhada para cuidar da família. O sonho de brilhar nos ringues, porém, permanecia vivo e o retorno triunfal aconteceria em abril deste ano, no evento de Will Ribeiro, Lutando Pela Paz. Alguns meses depois, o invicto lutador está a uma vitória de disputar o seu primeiro cinturão.  

"Fiquei muito tempo parado, até que pintou esse convite de lutar no evento do Will (Ribeiro). Graças a Deus me saí muito bem e hoje estou a uma vitória de disputar esse título do Coliseu. Estou em um momento especial, acredito mais em mim do que nunca e sinto que posso chegar longe no MMA", revela Bilac. 

Para o duelo deste sábado, o lutador do Rio de Janeiro apostou muito no condicionamento físico. Ele revela que deu ênfase aos treinamentos aeróbicos, com a estratégia de se movimentar durante os três rounds. 

"Minha preparação foi voltada para o lado físico e para aprimiração das técnicas em pé. Estou me sentindo muito bem, rápido também. Sei que ele é um striker, então vai ser muito importante eu estar me movimentando o tempo inteiro. Estou no peso e pronto para lutar em alto nível todos os rounds", garante o lutador da equipe Júnior Lity. 

Os treinamentos de Bilac foram realizados na Esporte Saúde, sede da equipe Júnior Lity, e na Thai Team. Especialista no muay thai, o atleta recebeu os últimos ajustes na arte suave com o mestre Júnior Lity, faixa preta da Nova União. O professor e técnico garante que o pupilo está preparado caso o combate vá para o chão. 

"Ele (Hugo Bilac) está muito bem preparado para essa luta. A parte de trocação dele é muito forte e todos nós sabemos. Então, nessa última semana fizemos apenas alguns ajustes na parte de chão dele", explica Lity. 
Caroline Leandro/Divulgação
 

Foto: Sheymon acerta com WSOF (Foto: Divulgação)

Dono de uma carreira meteórica e impressionante dentro do Brasil, Sheymon Moraes atraiu rapidamente os olhares internacionais e, na semana passada, assinou contrato com o World Series of Fighting (WSOF), evento norte-americano que vem ganhando muita projeção em todo o mundo. O atleta do Team Nogueira é considerado por muitos o mais talentoso lutador da nova safra do MMA brasileiro e chega na nova organização com a missão de conquistar o cinturão dos pesos-galos (61kg), que atualmente pertence ao compatriota Marlon Moraes.

Sempre confiante, Sheymon acredita muito em seu potencial e apesar de pregar respeito aos seus próximos oponentes, se mostra seguro de que, em breve, estará brigando pelo cinturão do evento. Ele inclusive comentou sobre uma possível estreia contra o norte-americano Tyson Nam.

“Fiquei sabendo pela internet que possivelmente faria a estreia contra o Tyson Nam. Só assisti duas lutas do Tyson, mas não me preocupo muito contra quem vou lutar, pode ser ele ou qualquer outro, que vou mostrar do que meus cotovelos são capazes. Meu objetivo é ser campeão do WSOF, quero ser campeão do mundo e quero colecionar títulos”, disse.

Aos 23 anos, o pupilo dos irmãos Nogueira expressou mais uma vez sua felicidade por assinar com a organização norte-americana. Na opinião dele, o evento é uma ótima porta de entrada para conquistar mais fãs no exterior e dar mais conforto para sua família.

“Venho acompanhando o WSOF há um bom tempo e pude observar que é um evento que vem crescendo demais. Vai ser ótimo para minha carreira, vou ter a possibilidade de ganhar fãs nos Estados Unidos e mostrar o meu estilo de luta para o mundo. Aceitei o desafio para ser o campeão. Além disso, é mais um degrau que eu subo. Espero dar mais conforto para minha mãe e o meu pai que, desde cedo, trabalham para sustentar a minha família. Pretendo aposentá-los para que eles possam desfrutar da vida”, declarou

Invicto em sua carreira profissional no MMA, o niteroiense garante que o fato de lutar fora do pais não irá influenciar em sua performance. Além disso, aproveitou para analisar as qualidades de Marlon Moraes, atual campeão dos galos no WSOF.

 “Na minha cabeça nada mudou, vou continuar treinando e quero nocautear todo mundo, estou entrando para ser o campeão. O campeão da categoria é o Marlon Moraes e eu o conheço muito, sei das suas qualidades. Ele é um atleta duro, mas não me oferece muito perigo não, se essa luta acontecer vai ser muito boa”, concluiu.
 



A maior academia de artes marciais do mundo, o Team Nogueira, inaugura, na próxima segunda-feira (31/3), às 19h, sua primeira filial no município de Guarulhos, e a décima no estado de São Paulo.  A nova academia ficará localizada na Av. Dr. Timóteo Penteado, n° 2.832, em Vila São Judas Tadeu. O evento contará com as presenças da lenda do MMA Rogério Minotouro e da ex-campeã mundial de boxe Duda Yankovich.

Também na segunda-feira, será realizado, das 13h às 16h, apresentações de diversas modalidades de artes marciais, entre elas, boxe, jiu-jitsu, muay thai e MMA, na praça de eventos do Internacional Shopping Guarulhos. A ação será comandada por Minotouro e Duda Yankovich, que também participarão das atividades. 

Os interessados em participar podem acessar o Facebook do Internacional Shopping Guarulhos e responder a um quiz de perguntas. As 20 pessoas com maior índice de acertos serão premiadas com a participação nas aulas, serão cinco participantes para cada modalidade.

“Estou muito contente com o Team Nogueira Guarulhos, as instalações estão lindas e tenho certeza que será um grande sucesso na região. Nossas academias são feitas para a família e por isso investimos pesado em estrutura. Toda nossa rede de franquias possui programas especializados para atender todos os tipos pessoas, desde os que querem ser atletas, as crianças, mulheres e idosos”, disse Rogério Minotouro.

As academias Team Nogueira contam com treinadores da mais alta qualidade, com centro de treinamento simultâneo, entre eles, tatames cercados com grades, ringue, octógono, área de saco e centro de preparação física. As instalações das academias foram criadas para receber um público que procura nas artes marciais mistas saúde e bem-estar, além dos amantes da modalidade. A rede oferece também programas específicos para toda a família.

Com 20 unidades em operação nos principais estados brasileiros, além de uma academia nos Emirados árabes, em Dubai, a rede pretende fechar o ano com 50 unidades, triplicando seu faturamento se comparado ao ano anterior.

SERVIÇO:

Segunda-feira (31/3)

  • Apresentação de artes marciais, com Rogério Minotouro e Duda Yankovich
Local:  Internacional Shopping Guarulhos - Rod. Presidente Dutra, km 230 – Itapegica
Horário: 13h às 16h

  • Inauguração do Team Nogueira Guarulhos
Local:  Av. Dr. Timóteo Penteado, n° 2.832, Vila São Judas Tadeu
Horário: 19h

NOTA PARA A IMPRENSA:

Na segunda-feira (31/3), às 18h, será realizado uma apresentação, exclusiva para a imprensa, da estrutura da nova academia e uma coletiva de imprensa, com Rogério Minotouro e Duda Yankovich, também nas dependências do Team Nogueira Guarulhos.
 

Maior evento de MMA da América Latina, Jungle Fight retorna a Foz do Iguaçu neste sábado (29), com a disputa de cinturão dos pesos-galos. Pesagem acontece no dia anterior, nas Cataratas

Jungle Fight 67
A próxima edição do Jungle Fight, marcada para sábado (29), em Foz do Iguaçu-PR, terá uma das disputas mais aguardadas dos últimos anos. O manauara Mário Israel defenderá, pela primeira vez, o título dos pesos-galos contra o carioca Jonas Bilharinho, de apenas 23 anos. Com uma invencibilidade de nove lutas, o campeão aposta na experiência para superar a jovem promessa do Team Nogueira e manter o cinturão em Manaus.

"O Jonas (Bilharinho) é um grande lutador, mas também é muito jovem. Tenho nove lutas profissionais e estou há bastante tempo no mundo das lutas. Vou tentar usar essa minha experiência a meu favor, e se tudo der certo vou manter esse cinturão em casa", afirma o campeão do Jungle.  

Uma das maiores preocupações de Mário Israel é com a trocação e a base canhota de Bilharinho, que nocauteou todos os seus adversários no Jungle Fight. Porém, o campeão garante estar preparado para evitar qualquer surpresa e revela ter realizado treinamentos específicos com base nas características do rival. 

"Eu preciso estar atento porque ele tem uma trocação muito boa e uma base de canhoto que costuma surpreender muitos lutadores. Mas estou pronto para evitar isso, estou há um mês e meio fazendo um treino específico para ele, somente com canhotos. Acho que vai ser uma luta muito interessante e com certeza um grande show para os fãs". 

Em tom semelhante ao do campeão, Jonas Bilharinho manteve-se respeitoso e rasgou elogios ao adversário. O atleta do Team Nogueira acredita que esta será a luta mais difícil da sua carreira, e aposta na diferença de envergadura para levar a vitória e o cinturão dos pesos-galos. 

"Estou esperando pela luta mais difícil da minha vida. Ele (Mário Israel) está invicto, tem nove vitórias com nocautes e finalizações. Não é qualquer um que faz um cartel desses, ele já poderia estar no UFC. Mas sei do meu potencial e confio muito na minha trocação. Além disso, sou maior que ele e vou tentar usar minha envergadura para tentar me impor e levar esse cinturão", afirmou Bilharinho.

O Jungle Fight 67 será transmitido, para todo o Brasil, ao vivo, pelo SporTV e canal Combate. Os fãs norte-americanos também poderão acompanhar o show pela ESPN Deportes. Assim como na primeira edição na cidade, a pesagem acontecerá nas belíssimas Cataratas do Iguaçu, na tarde de sexta-feira (28). Confira abaixo o card completo do evento.

Card completo:

Jonas “Speed” Bilharinho (Team Nogueira) x Mario Israel (Top Life Amazonas) - 61Kg (Disputa de cinturão)  

Fabian Quintanar (Chakal MX Team - Mexico) x Richard Godoy (Thai Brasil/Foz do Iguaçu) - 66Kg

Alan Miguel (Fight Club BFC) x Rivaldo Junior (Top Life Amazonas) - 61Kg

Paulo "Smash" Durão (KRteam/novauniao-Portugal) x Cesar "Goku"  Arzamendia (Figh Center Gym/Paraguai ) - 70 kg

Brandon Gushiken (Chakal & Ludus Fight Team - USA) x Aldo Ariel Villalba (Fight Center Gym - Paraguai) - 57Kg

Bruno Silva (XGym/Team Nogueira) x Leandro Vasconcelos (SST / Foz do Iguaçu) - 70Kg

Apostolis de Andrade (CM System) x Gilberto ‘Pantoja’ (Lotus Club/ Macapá) – 57kg

Gabriel Silva (XGym/ Team Nogueira) x Willian Vogado (SST/ Foz do Iguaçu) - 61Kg

Edson Jairo (SST MMA/Foz do Iguaçu) x Fabian Armoa (Dog Brothers/Argentina) – 77kg
 

Bruno e Gabriel estão no card da edição de número 67 do maior evento de MMA da América Latina. Os respectivos adversários são Leandro Vasconcelos e Willian Vogado



Erick Silva retorna ao octógono em maio, contra o norte-americano Matt Brown. Apesar disso, a atual preocupação do meio-médio capixaba não está no próximo desafio pelo UFC, e sim na preparação dos irmãos Bruno, de 25 anos, e Gabriel, de 19, para o Jungle Fight 67. A dupla entra em ação, novamente, no maior evento de MMA da América Latina no próximo dia 29, em Foz do Iguaçu (PR).

"Nós sempre nos ajudamos, desde que comecei a lutar eles sempre me deram muita força, e agora estou fazendo o mesmo por eles. O foco é nessa próxima luta deles no Jungle Fight, os adversários são duros e vão estar em casa. Eu sempre fico muito nervoso quando algum deles luta, imagina agora com os dois no mesmo evento. Mas tenho certeza que eles estão mais do que preparados e vão chegar na luta muito bem", garante Erick.

Essa será a segunda apresentação profissional dos irmãos de Erick. Porém, eles vivem momentos distintos. Enquanto o caçula debutou noJungle Fight com um nocaute espetacular, o do meio não teve a mesma sorte e acabou finalizado por Marcus "Maluco", na edição de número 58 do evento. O revés fez com que Bruno Silva optasse por descer para a categoria dos pesos-leves (até 70kg), na qual fará sua estreia, contra Leandro Vasconcelos. 

"A minha estreia não foi como eu esperava, mas sinto que evolui muito desde aquela luta. Me sinto mais forte, meu corpo também está mais habituado a essa nova rotina de treinos. Estou pronto e vou em busca dessa vitória", afirma Bruno. 

Já "Gabito", como foi carinhosamente apelidado, enfrentará Willian Vogado, na categoria dos pesos-galos (até 61kg). Em sua última luta, noJungle Fight 50, em abril de 2013, o jovem atleta nocauteou Vinicius Baraldo, em apenas 28 segundos. O lutador espera repetir a excelente exibição e conseguir mais um nocaute para o cartel.

"Sou um atleta explosivo e gosto de ir para cima desde o início. Vou em busca de mais um nocaute, mas se não der o mais importante é a vitória. Não importa como vai ser, desde que meu braço esteja levantado ao fim da luta". 

O Jungle Fight 67 será realizado no próximo dia 29, em Foz do Iguaçu (PR). O evento está recheado de grandes lutas e promete ser um dos melhores do ano. Além da presença de cinco atletas estrangeiros, o card conta também com a disputa de cinturão dos pesos-galos, entre Mário Israel e Jonas Bilharinho. Os duelos serão transmitidos para todo o Brasil, ao vivo, pelo SporTV e canal Combate. Já os fãs norte-americanos poderão acompanhar o show pela ESPN Deportes.  

Card Completo:

Jonas “Speed” Bilharinho (Team Nogueira) x Mario Israel (Top Life Amazonas) - 61Kg  - Disputa de cinturão

Richard Godoy (Thai Brasil/Foz do Iguaçu) x Fabian Quintanar (Chakal MX Team - Mexico) - 66Kg

Aldo Ariel Villalba (Fight Center Gym - Paraguai) x Brandon Gushiken (Chakal & Ludus Fight Team - USA) - 57Kg

Alan Miguel (Fight Club BFC) x Rivaldo Junior (Top Life Amazonas) - 61Kg

Leandro Vasconcelos (SST / Foz do Iguaçu)  x Bruno Silva (XGym) - 70Kg

Willian  Vogado   (SST/ Foz do Iguaçu) X Gabriel Silva (XGym) - 61Kg
 
Cesar "Goku"  Arzamendia (Figh Center Gym/Paraguai ) X Paulo "Smash" Durão (KRteam/novauniaoPortugal) - 70 kg
 

Considerada uma das musas do reality, a ruiva de apenas 23 anos dividirá as atenções com Geisa Vitorino e Syllvia Andrade, no evento do próximo dia 29

Foto: Divulgação
Seguindo a tradição de apostar em ex-BBBs como ring girls, o Jungle Fight terá a mineira Amanda Gontijo na edição de número 67 do evento, marcada para o próximo dia 29, em Foz do Iguaçu. A bela ruiva, de 1,75m e apenas 23 anos, dividirá o posto com Geisa Vitorino e Syllvia Andrade, ring girls oficiais do show. Amanda é natural de Divinópolis, e além de modelo é estudante de Engenharia Civil. 

Exemplos de mulheres que deixaram a casa do "Big Brother Brasil" e se tornaram ring girls do Jungle Fight não faltam. Entre as principais estão a a vencedora da 11ª edição do reality, Maria Melilo, a carioca Fani Pacheco e Cacau Colucci, uma das preferidas dos marmanjos. A última a integrar este time de beldades foi Marien Carretero, responsável por segurar a placa no Jungle Fight 65. 

O Jungle Fight 67 promete ser um dos melhores eventos do ano. Além da disputa de cinturão dos pesos-galos, entre o campeão manauara Mário Israel e o carioca do Team Nogueira Jonas Bilharinho, o card conta com a presença dos dois irmãos do atleta do UFC Erick Silva. As lutas serão transmitidas, ao vivo, para todo Brasil, pelo SporTV e Combate. Os fãs mexicanos e norte-americanos também poderão acompanhar o torneio através do ESPN Deportes e ESPN 3. Confira o card completo abaixo:

Card Completo:

Jonas “Speed” Bilharinho (Team Nogueira) x Mario Israel (Top Life Amazonas) - 61Kg  - Disputa de cinturão

Richard Godoy (Thai Brasil/Foz do Iguaçu) x Fabian Quintanar (Chakal MX Team - Mexico) - 66Kg

Aldo Ariel Villalba (Fight Center Gym - Paraguai) x Brandon Gushiken (Chakal & Ludus Fight Team - USA) - 57Kg

Alan Miguel (Fight Club BFC) x Rivaldo Junior (Top Life Amazonas) - 61Kg

Leandro Vasconcelos (SST / Foz do Iguaçu)  x Bruno Silva (XGym) - 70Kg

 Willian  Vogado   (SST/ Foz do Iguaçu) X Gabriel Silva (XGym) - 61Kg
 
Cesar "Goku"  Arzamendia (Figh Center Gym/Paraguai ) X Paulo "Smash" Durão (KRteam/novauniaoPortugal) - 70 kg
 

Campeão Mário Israel defenderá título pela primeira vez contra Jonas Bilharinho. Para Wallid, duelo poderá ser um dos 'melhores de todos os tempos'

Wallid ao lado do prefeito e o secretário de Esportes de Foz do Iguaçu
As cataratas e a usina de Itaipu fazem com que Foz do Iguaçu (PR) seja uma das cidades mais visitadas do Brasil. Porém, no próximo dia 29, uma outra atração promete atrair os holofotes. Pela segunda vez, o Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina, desembarcará no ginásio Costa Cavalcanti. Com um total de oito lutas, o torneio terá no duelo principal a disputa de cinturão dos pesos-galos, entre o manauara Mários Israel e o carioca Jonas Bilharinho.

A expectativa em torno do duelo entre Bilharinho e Israel é grande. Além de estarem invictos na carreira, ambos estão rodeados de grandes atletas. Enquanto primeiro treina no Team Nogueira, equipe de Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, o atual campeão tem como aliados os conterrâneos Alexandre "Capitão" e Rayner Silva, detentores dos cinturões dos pesos-penas e pesos-moscas do Jungle Fight.  

"Essa luta entre Jonas Bilharinho e Mário Israel tem tudo para ser uma das melhores de todos os tempos. É um duelo de invictos e de duas realidades do MMA nacional. São duas grandes revelações brasileiras que, com certeza, ainda vão dar muito o que falar", afirmou Wallid Ismail, ex-atleta e presidente do Jungle Fight. 

A primeira visita do Jungle Fight a Foz do Iguaçu foi em agosto do ano passado. De acordo com o secretário de Esportes, Anderson Andrade, a visibilidade que o evento trouxe à cidade foi "muito grande", o que incentivou o retorno para 2014, quando a cidade comemora 100 anos de fundação.

"Esse retorno do Jungle Fight é de grande importância porque é um evento consolidado, é o maior da América Latina. Fizemos um no ano passado e deu um retorno muito grande em questão de visibilidade. Estamos entrando em um ano de centenário para a cidade e essa vai ser uma grande oportunidade para nós. Sem contar a questão do turismo esportivo da nossa cidade que cresce cada vez mais", afirmou o secretário. 


Jungle Fight 67

Foz do Iguaçu (PR)
29 de Março de 2014

Card completo:

Jonas “Speed” Bilharinho (Team Nogueira) x Mario Israel (Top Life Amazonas) - 61Kg  - Disputa de cinturão

Richard Godoy (Thai Brasil/Foz do Iguaçu) x Fabian Quintanar (Chakal MX Team - Mexico) - 66Kg

Aldo Ariel Villalba (Fight Center Gym - Paraguai) x Brandon Gushiken (Chakal & Ludus Fight Team - USA) - 57Kg

Alan Miguel (Fight Club BFC) x Rivaldo Junior (Top Life Amazonas) - 61Kg

Leandro Vasconcelos (SST / Foz do Iguaçu)  x Gabriel Silva (XGym) - 70Kg

 Willian  Vogado   (SST/ Foz do Iguaçu) X Bruno Silva (XGym) - 61Kg

Rafael Dias (FCSCB Team) x Apostolis de Andrade Halianis (CM System) - 57 kg
 
Cesar "Goku"  Arzamendia (Figh Center Gym/Paraguai ) X Paulo "Smash" Durão (KRteam/novauniaoPortugal) - 70 kg
 

Antônio Silva vence peruano Jerry, mas Paulinho Capoeira e Gabriel Schlupp roubam a cena na primeira edição do evento, realizado na noite do último sábado

Marcus Vinícius Cabecinha acabou nocauteado por Paulinho Capoeira
A primeira edição do Jungle Favela, realizada na noite de sábado (8), na Central Única de Favelas (Cufa), sob o Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, foi um verdadeiro sucesso. Das sete lutas, apenas a última foi para a decisão dos jurados. O maranhense Antônio Silva e o peruano Jerry "Dragon Ball" fizeram um combate bastante equilibrado, que acabou sendo vencido pelo brasileiro, por decisão dividida. Outro destaque da noite foi a apresentação das ring girls vencedoras do concurso promovido nas conunidades do Rio de Janeiro. Anna Carolina, a Cacau, e Erica Santos desfilaram toda a sua beleza nos intervalos dos rounds e arrancaram aplausos excitados da plateia. 

O duelo internacional do Jungle Favela era um dos mais aguardados da noite. A rivalidade entre os dois atletas apimentava o confronto, que, por pouco, não aconteceu no dia anterior, na pesagem, após uma encarada tensa. Apesar disso, a luta acabou deixando a desejar. Jerry e Ceará se estudaram durante a maior parte dos rounds e insistiram na luta agarrada. No fim, o peso-mosca (57kg) brasileiro levou a melhor, por decisão dividida. Vale lembrar que o peruano iniciou o combate com dois pontos a menos, por não ter ficado acima do peso permitido na pesagem.

Se a luta principal não agradou tanto, o mesmo não se pode dizer do duelo entre os pesos-moscas Marcus Vinícius "Cabecinha" e Paulinho Capoeira. Os atletas subiram no cage dispostos a dar show, e conseguiram. Favorito e com a torcida a favor, Cabecinha foi melhor no primeiro round e incomodou o rival com jabs rápidos e sua exaustiva movimentação. Porém, no segundo, ele acabou surpreendido pelo manauara, que conectou um direto certeiro no queixo do rival, que foi à lona. Apesar disso, o ex-desafiante ao cinturão deixou a arena ovacionado pelos fãs, em reconhecimento a todo esforço do lutador da Mangueira. 

Pupilo de Thiago Tavares chama atenção

A vitória mais convincente de todo o Jungle Favela foi de um jovem estreante, de apenas 20 anos. Gabriel Schlupp, pupilo do atleta do UFC Thiago Tavares, encarou o veterano Carlos "Capoeira", de 35. Porém, a experiência não foi páreo para o talento e a juventude de Gabriel. Sem se intimidar, o catarinense partiu para cima do adversário e por pouco não o nocauteou no primeiro round. A vitória viria no assalto seguinte, com uma bela finalização de guilhotina. O outro representante da Tavares Team, Luiz Antônio, não teve a mesma forte. Ele foi dominado por Rodolfo "Coronel" e acabou nocauteado no segundo round.

Resultados completos:

Antônio Silva "Ceará" venceu Jerry "Dragon Ball", por decisão dividida
Paulinho Capoeira nocauteou Marcus Vinícius "Cabecinha", a 1m51s do 2R
Rodolfo "Coronel" nocauteou Luiz Antônio, aos 1m52s do 2R
Gabriel Schlupp finalizou Carlos "Capoeira", aos 2m39s do 2R
Átila Lourenço nocauteou Diego Santos, ao 1m57s do 2R
José Cláudio finalizou Rafael Mota, aos 3m24s do 1R
Bruno Alison "Emília" finalizou Isaac Pimentel, aos 3m57s do 3R 

Sobre o Jungle Favela

O Jungle Favela surgiu em uma parceria entre o maior evento de MMA da América Latina, o Jungle Fight, e a Centra Única de Favelas (Cufa). A ideia do evento é ajudar na educação e na integração de jovens de comunidades carentes através das artes marciais. O projeto inclui um total de 12 edições do evento em 2014.
 
  • Profissão perigoProfissão perigo

    Limpadores de janelas arriscam suas vidas trabalhando nas alturas

  • Cena quenteCena quente

    Casal de atores de 'Império' abusa da sensualidade

  • Nova musa do UFCNova musa do UFC

    Felice Herrig faz ensaio sensual antes de estreia no octógono

  • Moda das ruasModa das ruas

    Veja como estilistas têm se inspirado nos looks da população anônima

  • Pintura tecnológicaPintura tecnológica

    Aquarelas animadas em 3D de Aaron Becker são espetaculares; conheça

  • Gisele no BrasilGisele no Brasil

    Top model lança no país linha de lingerie que ela mesma assina