Anderson Silva é considerado o melhor lutador peso por peso - Divulgação

Anderson Silva é considerado o melhor lutador peso por peso - Divulgação

Depois que Anderson Silva conseguiu sua segunda vitória sobre Chael Sonnen, a mídia especializada e os fãs de MMA debatem qual será o próximo passo na carreira de Spider. Alguns acham que ele deveria enfrentar Chris Weidman, Michael Bisping, Vitor Belfort ou Brian Stann. Para outros, o campeão já limpou a divisão dos médios e deveria encarar lutadores de outras categorias.

Anderson Silva e Jon Jones já declararam que são amigos e não se enfrentariam. Mas, de acordo com o presidente do UFC, Dana White, uma super-luta entre Spider e o campeão da outra categoria pode estar próxima de acontecer; depende apenas dos empresários do brasileiro.

“É a mesma coisa que diziam sobre Chael Sonnen. Eles falaram que não iam fazer a luta contra o Sonnen também. É isso o que eles fazem cada vez que uma luta do Anderson acaba: começam a falar sobre com quem eles não vão lutar e contra quem eles podem lutar”, disse o cartola em entrevista à imprensa americana nesta quinta-feira (3).

 Apesar de se mostrar aberto à ideia de Anderson enfrentando lutadores de outras categorias, White já negou a possibilidade de casar uma luta entre o brasileiro e Nick Diaz. Nesta semana, o treinador de Diaz, Cesar Gracie, declarou que seu pupilo havia desistido da aposentadoria e estava pedindo para enfrentar o campeão dos pesos-médios do Ultimate.

“Posso afirmar com certeza, Diaz vs Anderson não vai acontecer. É ridículo e não faz sentido. Eu sei que soa divertido, mas Nick Diaz perdeu para Carlos Condit com 77 kg. Então eu vou dar a ele a oportunidade de subir para 84 kg e enfrentar o melhor lutador peso por peso do mundo? Em que universo isso faz sentido? Se for para marcar uma luta com um meio-médio, faria mais sentido ser contra Georges St-Pierre”, disse White, que deu a entender que o duelo entre campeões pode realmente acontecer.

“Talvez. É o que estamos querendo, mas tudo pode acontecer. Tudo está na teoria. Você não sabe o que vai acontecer, vamos ver o que acontece no futuro, e talvez seja essa  a luta que nós marcaremos.”