Dana White garante não ter ficado bravo com José Aldo - Divulgação/UFC

Dana White garante não ter ficado bravo com José Aldo - Divulgação/UFC

José Aldo iria fazer a luta principal do UFC Rio III contra o americano Frankie Edgar, mas no meio do caminho tinha uma moto. Faltando pouco mais de um mês para o evento, o manauara caminhava com sua motocicleta no Rio de Janeiro quando sofreu um acidente leve, mas grave o suficiente para impedi-lo de lutar.

Com a grande baixa, o presidente Dana White teve que correr para encontrar uma luta do mesmo nível para preencher a lacuna aberta pela perda de Aldo x Edgar. O dirigente recorreu a Anderson Silva e resolveu o assunto, mas ele espera que o campeão dos penas tenha aprendido a lição.

"Eu não estou bravo com ele, mas é algo como... 'cara, por favor, né?'. Eu entendo que quando você está no WEC (antigo evento de MMA incorporado ao UFC) você ganha 4 mil dólares e fica difícil comprar um carro e pagar o aluguel e tal. Mas ele já fez algum dinheiro. Compre um carro. Compre um carro legal, um carro seguro", disse Dana, em entrevista ao site MMA Junkie.

O conselho do presidente do UFC foi parecido ao feito por Vitor Belfort logo após a confirmação de que Aldo estaria fora do UFC Rio III.

Aldo x Edgar

O dirigente também falou sobre o futuro de José Aldo e se seu adversário permanecerá o mesmo. Como a lesão do brasileiro não parece ser muito grave, a ideia de Dana White e companhia é manter o combate contra Frankie Edgar.

"Frankie Edgar pulou dentro e comprou essa luta. Ele gastou dinheiro com camp para treinar para esse combate. Isso não é de graça. Ele ligou para pessoas e tentou encontrar sparring. Ele realmente estava dentro disso quando Aldo se machucou, portanto, daremos essa chance a ele. Aldo, pelo que ouvimos, não parece que ficará muito tempo fora, então vamos remarcar a luta", garantiu.