Fedor recebe os parabéns do presidente da Rússia, Vladimir Putin - Reprodução

Fedor recebe os parabéns do presidente da Rússia, Vladimir Putin - Reprodução

Uma das maiores lendas do MMA esteve em ação nesta quinta-feira (21), na Rússia. Com a presença do presidente do país, Vladimir Putin, Fedor Emelianenko subiu ao ringue do M1-Global e não tomou conhecimento de Pedro Rizzo, nocauteando o brasileiro ainda no primeiro assalto.

Aos 35 anos, Fedor não lutava desde o fim do ano passado, quando venceu o japonês Satoshi Ishii. Com o triunfo diante de Pedro Rizzo, o russo chega a impressionante marca de 34 vitórias, um empate e apenas quatro derrotas em sua carreira.

Considerado uma lenda mundial do esporte, o russo ficou famosos na época em que lutou pelo PRIDE e derrotou atletas como Minotauro, Mark Coleman e Mirko Cro Cop. Ele chegou a anunciar que após a luta contra Rizzo pensava em se aposentar.

A luta

Rizzo começou buscando o combate, jogando socos lentos em seu adversário. Fedor soltou um chute e um forte golpe com as mãos. Depois, o russo acertou um duro soco de direita, derrubando Rizzo. Com Fedor golpeando por cima, o árbitro teve que encerrar a luta, que durou apenas 1m22s.

Vladimir Putin subiu ao ringue após o confronto para parabenizar Fedor. Putin é mestre em Sambo, arte marcial desenvolvida nos tempos de União Soviética, e possui títulos honorários de presidente da Federação Internacional Amadora de Sambo.