Em três lutas na organização o paulista venceu uma, empatou outra e perdeu na estreia - Divulgação

Em três lutas na organização o paulista venceu uma, empatou outra e perdeu na estreia - Divulgação

Felipe “Sertanejo” Arantes chegou à maior organização de MMA do mundo e já lutou três vezes, todas em solo brasileiro. Com apresentações nos UFCs 134, 142 e 147, o paulista enfrentou três brasileiros, Yuri Alcântara, Antonio Carvalho e Miltinho Vieira, duas vezes no Rio de Janeiro e a última delas em Belo Horizonte. Seu cartel do Ultimate mostra uma vitória, um empate e uma derrota.

O brasileiro fez sua estreia no evento em agosto do ano passado e não estará presente no card para o UFC Rio III, previsto para outubro. Apesar de não estar escalado para o evento, Sertanejo não demonstra tristeza. “Já era esperado, tinha lutado os três anteriores, disseram que iriam dar oportunidade a outros atletas”, explicou.

Felipe Sertanejo fez sua última luta em junho e, ao contrário da maioria dos brazuicas, revelou o desejo de lutar seu próximo combate fora do Brasil. “Nosso planejamento é para lutar no fim de novembro, mas ninguém falou nada ainda. Venho treinando forte e ajudando os companheiros de equipe para suas próximas lutas. Quanto a lutar fora do país, seria ótimo para que me conhecessem melhor e observassem o meu jogo”.

O cartel do lutador paulista no MMA aponta 14 vitórias, quatro derrotas, um empate e duas lutas sem resultado.