Chris Jericho foi infeliz durante a apresentação em São Paulo - Divulgação

Chris Jericho foi infeliz durante a apresentação em São Paulo - Divulgação

Aquela velha máxima de que "brincadeira tem limites" se fez valer na noite da última quinta-feira (24), durante um evento de WWE ocorrido em São Paulo. E quem sentiu na pele os efeitos dessa manjada frase foi norte-americano Chris Jericho.

Em meio a apresentação, o lutador pegou uma bandeira do Brasil, amassou e a chutou durante um combate do WWE Champion CM Punk. A atitude fez o público ficar furioso.

Um policial que estava no local foi até Jericho e deu duas opções ao lutador: pedir desculpas em público ou ser preso. Sensato, o fanfarrão escolheu a opção mais óbvia e se mostrou arrependido.

"Eu peço desculpas ao povo brasileiro por este ato desrespeitoso", afirmou.

Como o lutador voltou atrás e realmente reconheceu que se excedeu durante a apresentação, ele escapou da prisão, mas não de uma punição. A organização do WWE emitiu uma nota nesta sexta pedindo desculpas ao povo e ao governo brasileiro, além de anunciar que Chir Jericho está suspenso das competições.