Michael Bisping está parado desde janeiro, quando perdeu para Sonnen – Divulgação/UFC

Michael Bisping está parado desde janeiro, quando perdeu para Sonnen – Divulgação/UFC

Não é segredo para ninguém que Michael Bisping não foge de responder as perguntas que são feitas, por mais polêmicas que possam parece. Ele nunca rejeitou uma luta proposta a ele e apoiou Chael Sonnen, criticou a atitude de Jon Jones, na polêmica do UFC 151. Agora ele disse ao site americano MMA Weekly que lutas acharia interessante ver no Ultimate.

"É um negócio e eu acho que Anderson e GSP dariam números astronômicos", explicou o inglês, que também pensou em uma luta de peso combinado para Jon Jones. "Acho que Jones e JDS (Junior dos Santos) seria incrível também. Todos querem ver campeões contra campeões".

Bisping não teve receio e apostou até nos vencedores dos combates. "Acho que Anderson ganha de St. Pierre e Jon Jones; e JDS bate Jones". O inglês queria enfrentar Spider, mas entende que os valores e o tamanho de uma luta entre o brasileiro e Georges St. Pierre é bem maior hoje em dia.

Parado desde janeiro deste ano por conta de uma lesão, Michael Bisping vem de derrota para Chael Sonnen. A luta quebrou uma sequência de quatro vitórias do inglês, que provavelmente o daria a chance de lutar com Anderson Silva. Sua próxima luta é no evento 152, contra Brian Stann. O cartel do ex-campeão dos meio-pesados do Cage Warriors tem 22 vitórias em 26 lutas, sendo 14 delas por nocaute. Entre os triunfos, lutas com Matt Hammil, Chris Leben e Jason Miller.