LutasLutas
Ag. Fight
Atualizado: 22/02/2013 | Por Ag. Fight

Miesha Tate aconselha Liz Carmouche: “Bata muito forte!”

Lutadora foi derrotada por Ronda Rousey em 2012


Miesha Tate estreia no UFC em abril contra Cat Zingano – Reprodução/Strikeforce

Miesha Tate estreia no UFC em abril contra Cat Zingano – Reprodução/Strikeforce

Ex-campeã do Strikeforce, Miesha Tate perdeu seu título após se tornar mais uma das vítimas das chaves de braço de Ronda Rousey em março do ano passado. Desde então muita coisa mudou e as mulheres agora estão no UFC, com Ronda protagonizando a primeira luta feminina da organização no próximo sábado (23), no UFC 157.

Presente na coletiva de imprensa pré-evento, Tate confessou que ficou um pouco desapontada de não entrar para a história do MMA feminino como parte da primeira luta entre mulheres no UFC, mas garante que está mais do que satisfeita de ser uma das atletas já contratadas pela organização.

“Não me sinto triste de qualquer maneira. Claro que eu queria fazer parte de tudo isso, mas já tenho marcada a minha primeira luta no UFC e isso é o suficiente para mim. Sou uma pessoa paciente. Acredito que a minha hora vai chegar, este é o meu futuro, meu objetivo e eu vou chegar lá. Não vai ser hoje, mas está a caminho e é motivador”, disse a alteta ao portal “MMA Fighting”.

Cuidadosa, Tate não quis dizer qual era o seu palpite para a primeira luta feminina da história do UFC, mas aceitou dar alguns conselhos a Liz Carmouche.

“Bata muito forte nela! Assistindo às lutas de Ronda, cheguei à conclusão de que eu fui a única pessoa que a fez andar para trás. Ronda gosta de andar para a frente, encurtar a distância. Quando ela está vindo para cima com um monte de socos é meio difícil, mas quando ela parar, você precisa manter a distância. Gostaria de ver Liz deixando Ronda com as costas no chão. Todos os armlocks de Ronda surgiram de uma posição dominante e por cima, mas ninguém sabe como é a sua guarda”, afirmou a lutadora.

Miesha será apenas uma espectadora do UFC 157, mas ela já tem compromisso marcado com o UFC. A lutadora enfrenta Cat Zingano na final do TUF 17, em 13 de abril, mas ainda não tira da cabeça uma possível revanche com Ronda Rousey no futuro.

“Tenho uma luta dura contra Cat Zingano. Não estou a subestimando. Por mais que eu sempre fale que quero enfrentar Ronda, Cat tem toda a minha atenção, está invicta, tem um bom jogo de chão e bate muito forte. Não tenho dúvidas de que será uma estreia muito difícil. Se eu ganhar, mereço a luta de cinturão. Estou entre as duas ou três melhores e eu fui o maior desafio de Ronda. Ninguém durou mais do que um minuto com ela, e eu durei quase cinco. Deixei ela abalar meu psicológico naquela luta e cometi um erro, mas não vai acontecer novamente”.

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

msn fotos

Esportivos são os mais visitados(©MSN Fotos)
Esportivos são os mais visitados

Você já viu?

  • Profissão perigo

    Limpadores de janelas arriscam suas vidas trabalhando nas alturas

  • Cena quente

    Casal de atores de 'Império' abusa da sensualidade

  • Nova musa do UFC

    Felice Herrig faz ensaio sensual antes de estreia no octógono

  • Moda das ruas

    Veja como estilistas têm se inspirado nos looks da população anônima

  • Pintura tecnológica

    Aquarelas animadas em 3D de Aaron Becker são espetaculares; conheça