Thiago Tavares não luta desde janeiro, quando derrotou o canadense Sam Stout - Divulgação/UFC

Thiago Tavares não luta desde janeiro, quando derrotou o canadense Sam Stout - Divulgação/UFC

O confronto entre Thiago Tavares e Dennis Hallman parece estar amaldiçoado. Depois de ter sido adiado por duas vezes, a luta foi cancelada novamente nessa quinta-feira (4). O motivo revelado pelo próprio brasileiro pelo Twitter é que o seu adversário estava muito acima do peso para a categoria dos leves (70kg).

"Pessoal, não vou lutar. Dana White acabou de me falar que meu adversário está muito acima do peso e não haverá luta. Me perdoem todos que esperavam ansiosos pela minha luta. Estou triste e frustrado. Meu adversário está 7 libras (3,2kg) acima e a luta foi cancelada", anunciou Tavares.

Muito frustrado, o lutador revelou ao "Sportv.com" que não pretende nem assistir ao evento e que a decisão de cancelar a luta partiu da própria Comissão Atlética, porque o americano estava muito acima do peso. O brasileiro mostrou todo o seu desapontamento e pareceu não perdoar Hallman.

"A luta foi adiada duas vezes, e agora botaram para outubro. Como que a luta é adiada três vezes e o cara não bate o peso? Não acredito nisso", disse.

Primeiramente, os dois se enfrentariam no UFC 150, dia 11 de agosto. A luta foi remanejada para o UFC 151, mas este evento foi cancelado porque Jon Jones não aceitou enfrentar Chael Sonnen. Por fim, os dois entrariam no octógono nesta sexta, no UFC on FX 5.

Mesmo sem se apresenta, Thiago Tavares deve receber a bolsa pela luta e afirmou que pediu a Dana White para lutar ainda em 2012.