Imagem mostra luta em que Feijão venceu em 33 segundos, quando foi pego no exame - Getty Images

Imagem mostra luta em que Feijão venceu em 33 segundos, quando foi pego no exame - Getty Images

O ex-campeão do Strikeforce, Rafael “Feijão” Cavalcante, testou positivo para uma substância proibida após a vitória sobre Mike Kyle no mês passado e ficará um ano suspenso. O porquê da falha do exame ou qual conteúdo foi encontrado não foi revelado.

O Strikeforce também não deu nenhuma declaração formal sobre o acontecido, mas o técnico de Feijão disse que ambos lutarão contra isso. Além da pena de um ano sem lutar, o brasileiro de 31 anos foi multado em quase R$ 5 mil.

O brasileiro tem um cartel de 12 vitórias e três derrotas no MMA e cinco triunfos contra duas derrotas no Strikeforce. Na luta em que foi pego no exame, Feijão venceu o adversário em 33 segundos, no dia 19 de maio deste ano.