Cigano comemora vitória sobre Mir por nocaute no segundo round - Zuffa

Cigano comemora vitória sobre Mir por nocaute no segundo round - Zuffa

Nem mesmo os organizadores do UFC tinham ideia de que acertariam tanto ao colocar pela primeira vez na história um card principal recheado apenas com pesos-pesados. A prova disso foi a velocidade com que os combates da edição de número 146 terminaram.

Somadas, as cinco disputas finais duraram exatos 21m50s, tornando o show do último sábado (26) o mais rápido do ano, praticamente um minuto e meio a menos do que a edição brasileira de janeiro que, com 23m22s, ocupa a vice-liderança do “ranking” de velocidade de 2012.

Vale lembrar que o UFC 142, realizado na zona oeste do Rio de Janeiro, contou com as rápidas vitórias de José Aldo e Vitor Belfort sobre os americanos Chad Mendes e Anthony Johnson, em show que contaram com o apoio incondicional da plateia.

Contando apenas as edições principais do UFC, ou seja, deixando de lado as Fight Night e os On Versus, a lista virtual conta com mais três shows, todos com duração maior do que o dobro de tempo necessário para o evento deste sábado.

Confira na lista a seguir dos cards principais de 2012

  • UFC 142 – Aldo x Mendes: 23m22s
  • UFC 143 – Diaz x Condit: 76m43s
  • UFC 144 – Edgar x Henderson: 68m05s
  • UFC 145 – Jones x Evans: 66m48s
  • UFC 146 – Dos Santos x Mir: 21m50s