Belfort terá a chance de retomar o cinturão que já foi dele - Jéssica Portásio

Belfort terá a chance de retomar o cinturão que já foi dele - Jéssica Portásio

A rotina de Vitor Belfort mudou de uma hora para outra. Antes se preparando para enfrentar Alan Belcher em uma luta sem grandes atrativos no UFC Rio III, o brasileiro foi convocado para substituir o machucado Dan Henderson e enfrentar o campeão dos meio-pesados do Ultimate, Jon Jones, no UFC 152, no dia 22 de setembro, no Canadá.

Mas antes de Belfort ser convocado pelos dirigentes do torneio, foi oferecido ao campeão dos meio-pesados uma luta contra Chael Sonnen, mas Jon Jones recusou. Em entrevista ao site "MMA Fighting", o Fenômeno disse ser justa a escolha de Jones.

"Chael Sonnen não tem história no meio-pesado. Eu tenho. Os fãs estão vendo algo que é justo", disse Belfort.

VEJA TAMBÉM: Um ano de UFC Rio: veja o que mudou

Ao longo dos seus 16 anos de carreira, Vitor Belfort lutou entre os pesados, meio-pesados e médios do UFC. Ele foi campeão na categoria em que Jon Jones é o atual dono do cinturão em 2004, após vencer Randy Couture.