Olimpíadas 2012Olimpíadas 2012Banco do Brasil
pa.press.net
Atualizado: Mon, 02 Apr 2012 15:11:15 GMT | Por pa.press.net

EUA : Jason Richardson

Nascido em: 04/04/1986


Jason Richardson durante os 110 metros com barreiras no Mundial de 2011. (© Press Association)

Jason Richardson durante os 110 metros com barreiras no Mundial de 2011.

Nascido em: 04/04/1986

Local de nascimento: Houston, EUA

Modalidade: Atletismo

Olimpíadas passadas: 0

Medalhas: 0

Jason Richardson não é um atleta típico.

Enquanto a maioria dos atletas Olímpicos são incentivados por uma total obsessão por terminar em primeiro, uma vontade de vencer que até determina seus estilos de vida fora das pistas, Richardson é uma astro do esporte um pouco mais relutante.

Filho de um engenheiro civil e de uma secretária, a infância desse americano em Cedar Hill no Texas foi fundamentalmente acadêmica.

Sua paixão pelo cálculo e debates foi predominante nos seus primeiros anos e ele apenas começou a se interessar por atletismo, e particularmente corridas de barreiras, aos 12 anos quando descobriu que poderia obter uma bolsa universitária através dos seus esforços nas pistas.

Richardson acabou garantindo uma bolsa para a University of South Carolina (USC), mas antes mesmo de passar para a Universidade ela já havia feito seu nome pelo sucesso no esporte.

Em 2003, o jovem ficou com o ouro nos 110 e 440 metros com barreiras no Mundial Juvenil da IAAG em Sherbrooke no Canadá. Foi um triunfo espetacular, pois foi a primeira vez que um atleta ganhou as duas provas com barreiras em um importante evento da IAAF. Isso trouxe a Richardson a honra de ser nomeado Atleta Juvenil do Ano do Atletismo Americano em 2003.

No entanto, embora o mundo começasse a ficar a seus pés, e seu estilo relaxado e porte esbelto colaborassem com a prova de obstáculos, Richardson ainda estava treinando apenas duas ou três vezes por semana. Isso não chegava nem perto da programação de um homem com o ouro olímpico em mente.

Quando questionado se realmente via seu futuro no atletismo, ele falava primeiro no seu desejo de se tornar advogado. Perder uma corrida não era "grande coisa".

Ele teve a oportunidade de testar sua teoria durante uma época de muita frustração na USC, quando lesões afetaram seu desempenho. Uma distensão no tendão da perna esmagou suas esperanças de fazer parte da equipe americana dos Jogos Olímpicos de 2008. E quando sua carreira começou a perder ímpeto ele chegou perto de desistir como atleta competitivo.

No entanto, ele não desistiu e, como dizem, o resto virou história.

Quando deixou a USC, Richardson começou a realizar seu potencial máximo. Ele recuperou sua boa forma em Los Angeles sob a tutela do novo treinador, John Smith. A força dessa parceria ficou comprovada e ele foi recompensado pelos seus esforços por um merecido golpe de sorte no Campeonato Mundial da IAAF em Daegu, Coreia do Sul, em 2011.

Na final dos 110 metros com barreiras, Richardson terminou em segundo, atrás do cubano Dayron Robles. Mas o terceiro colocado, Liu Xiang, da China, protestou dizendo que o vencedor havia invadido sua pista. Os oficiais concordaram, e Richardson acabou ficando com a sua primeira medalha de ouro no Campeonato Mundial.

Posteriormente ele admitiu que ficou faltando alguma coisa nessa vitória, embora tenha significado que ele passou para um novo nível de estrelato nas pistas.

Mais importante do que isso foi o fato de ele finalmente ter obtido um sucesso que o convencesse de que ele poderia competir entre os grandes nomes do esporte e uma nova determinação para não ficar apenas com o segundo lugar.

Você viu?

  • Bebê real

    Príncipe George brinca e rouba os holofotes em sua primeira viagem oficial; confira as fotos

  • Reencontro

    Sandy canta música 'A Lenda' com Junior em show e ganha beijo na barriga do irmão; fotos

  • Grid Girls

    Gatas da Fórmula Truck roubam a cena na etapa de Curitiba; veja aqui mais de 100 fotos

  • Casa do futuro

    Veja tecnologias que estarão nas residências no futuro; sala pode ter até uma TV transparente

  • Especial Mães

    Gisele é exemplo de mulher, esposa e mãe; brasileira esperou a hora certa para ter seus filhos

shopping

  • Netshoes

    Nike CTR360 Enganche 3 Salão Adulto - 5 x R$25,98

  • Wal-Mart

    Tablet BRAVVA BV-4000 Wi-Fi 8 GB - 9 x R$25,33

  • Netshoes

    Mochila de Hidratação Kombat - 6 x R$26,65